Notícias

Enem 2019 terá o cronograma mantido, afirma presidente do Instituto responsável por exame

  • Data: 19/05/2019

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 terá o cronograma mantido. A afirmação é do novo presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, em entrevista, nesta sexta-feira, 17, à TV MEC e ao Portal MEC. A instituição é responsável pela prova.

“Os mais de 5 milhões de estudantes que se inscreveram no Enem podem ficar tranquilos. O cronograma está mantido. Tanto Inep quanto MEC (Ministério da Educação) vão trabalhar juntos para que tudo ocorra com tranquilidade”, disse.

Lopes é servidor público da carreira de analista de comércio exterior desde 1999. Graduado em engenharia química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e em direito pela Universidade de Brasília (UnB).

O novo presidente do Inep já exerceu diversas funções na administração pública como, por exemplo, secretário de Gestão Administrativa e Desburocratização, e subsecretário de Políticas Públicas do Governo do Distrito Federal.

“Quero trazer essa experiência de gestão em vários órgãos para o Inep para que a gente consiga cumprir nossa missão institucional com sucesso”, destacou.

Ele sucede o delegado Elmer Coelho Vicenzi no cargo. O antigo ocupante ficou 24 dias à frente do Instituto e saiu, a pedido, nesta quinta-feira, 16.

Encceja

Sobre o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), Lopes ressaltou o início das inscrições na segunda-feira, 20. 

“O Encceja é muito importante para aquelas pessoas que não conseguiram concluir os estudos no tempo correto. O cronograma também está mantido e esperamos que tenha uma grande participação da sociedade”, espera. 

O prazo para as inscrições encerra no dia 31 de maio e o cadastro é gratuito, pela internet, no Sistema Encceja. 

No Brasil e no exterior, os candidatos visam obter certificação no nível de conclusão do ensino fundamental, que exige, no mínimo, 15 anos; e ensino médio, que requer 18 anos completos até o dia de aplicação da prova. O edital para provas fora do Brasil será lançado posteriormente. 

As provas serão aplicadas em 25 de agosto, nos turnos da manhã e tarde, em 611 municípios brasileiros. Quem se inscreveu em 2018 e não fez a prova terá outra chance este ano, basta selecionar o motivo da ausência no processo de inscrição.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social Ministério da Educação