Notícias

Vitória é capital mais bem pontuada em Índice de Desenvolvimento Municipal

  • Data: 09/04/2019

Fonte: Folha Vitória

Vitória foi a capital mais bem pontuada no Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável (IDMS) 2018, que se configura como uma ferramenta de apoio à gestão capaz de evidenciar as prioridades municipais e regionais e situar as municipalidades em relação a um cenário futuro desejável. O IDMS é calculado anualmente pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).

O ranking é construído a partir de uma série de indicadores considerados fundamentais para diagnosticar o grau de desenvolvimento de um território, como acesso e permanência escolar, infraestrutura escolar, qualidade de ensino, cobertura de atenção básica, estrutura de gestão para promoção de cultura, qualidade habitacional, dinamismo econômico, nível de renda, cobertura de saneamento básico, capacidade de receita, governo eletrônico, entre outros itens.

O prefeito de Vitória, Luciano Rezende, comemorou o resultado a nível nacional conquistado pela capital. "É motivo de felicidade mais um primeiro lugar para Vitória, que se destaca entre capitais e cidades brasileiras quase que semanalmente com algum reconhecimento ou premiação, como esta da CMN. É motivação, parabéns à população, às comunidades, aos servidores públicos, à iniciativa privada e a todos que fazem e constroem essa cidade admirável e com qualidade de vida. Vamos trabalhar mais ainda".

A capital capixaba alcançou a nota 0,749. A sustentabilidade é entendida como o desenvolvimento equilibrado das dimensões social, cultural, ambiental, econômica e político-institucional.

Por conta da classificação, Vitória será premiada na XXI Marcha à Brasília em Defesa dos Municípios, que acontece desta última segunda (8) até quinta-feira (11), no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), em Brasília.

Marcha

A Marcha — considerada um dos maiores eventos políticos da América Latina — terá como tema "Unidos pelo Brasil" e foca na mobilização de gestores em torno de pautas que fortaleçam os municípios brasileiros.

Entre os temas defendidos pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), a construção de um novo pacto federativo estará em debate. O objetivo é unir esforços para, por meio do diálogo, elaborar proposta que permita divisão mais justa dos recursos entre os Entes federados.